27
Jan 11

Os Calendários:

 

O povo asteca foi uma civilização mesoamericana que floresceu entre o séc. XIV e XVI, acabando por ser destruída pelos conquistadores espanhóis chefiados por Fernando Cortez.

Os astecas eram politeístas e acreditavam que se o sangue humano não fosse oferecido ao Sol, a organização e as ligações do mundo deixariam de funcionar. Apesar de serem um povo muito abrangente em vários níveis, o "mito ou verdade" apenas irá abordar a parte da cultura referente às suas profecias e aos seus calendários, um deles conhecido como Pedra do Sol, Xiuhpohualli.

 

O calendário Asteca é mais antigo do que o calendário gregoriano, criado em Roma pelo Papa Gregório e usado até hoje na maior parte do mundo. Este calendário Xiuhpohualli é constituido por 18 meses (com 20 dias cada), cada um deles representado por símbolos, com diversos significados e são exemplos: o crocodilo, o vento, a casa, o lagarto, a cobra, a morte, o cervo, o coelho, a água, o cão, o macaco, as ervas, o bambu, o jaguar, a águia, o falcão, o movimento (terramoto), a faca de pedra, a chuva (tempestade) e as flores. A este calendário são ainda acrescentados mais 5 dias de sacrifício, obtendo um total de 365 dias do ano, mantendo sempre no centro a representação do Deus Sol.

O outro calendário asteca denomina-se por Tonalpohualli e é bastante polémico existindo várias teorias sobre a interpertação deste calendário. Umas teorias dizem que é a representação do ciclo de Vénus, outras dizem que é a representação da origem, desenvolvimento e fim da raça humana...No entanto, representam apenas teorias, não havendo quaisquer certezas e sendo também a sua origem desconhecida devido a incertezas de datas que cercam as culturas mesoamericanas.

Tonalpohualli significa “contagem dos dias” e é um calendário composto por 260 dias, que foi usado por vários povos mesoamericanos, mas os astecas são os que mais se destacam. Este calendário não tem qualquer tipo de relação com o Sol ou a Lua é apenas composto por 20 trezenas, cada trezena era respectiva a um Deus.

 

 

 

Profecias:

 

Uma das profecias mais importantes e conhecidas é referente a quando os astecas ainda se encontravam em Tula, ai receberam uma profecia do Deus Huitzilopochtli, que dizia que todos os Astecas deveriam estabelecer-se noutro local, onde ficassem permanentemente. E assim no sec. XIV o povo asteca fixou-se num local só. Segundo estudos realizados sabe-se que as crenças, as profecias e os sacrificios tinham todos como base o divino. Tal como os Maias, os Astecas e a sua cultura indicam que o mundo acabará no ano 2012… Uma profecia que será confirmada ou não na respectiva data.

 

publicado por mitouverdade às 11:09

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.


Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21

23
24
25
26
28
29

30
31


subscrever feeds
arquivos
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO