22
Jan 11

1-Qual é a visão da Igreja Católica e da teologia em particular sobre as teorias de Nostradamus?

A Igreja vê com toda a naturalidade, trata-se de um homem com qualidades, talvez um pouco desequilibrado (que entra em Montpellier porque o consideravam louco), mas que tinha uma cultura Judaica (sendo que era descendente de Judeus) e portanto conhecia bem as sagradas escrituras e os profetas. Alem disso conhecia certas ciências como a alquimia e a astrologia e isso deu-lhe capacidades de utilizar linguagens e saberes que o levou depois a entrar não no campo da medicina (sendo que ele chegou mesmo a exercer, embora fosse uma medicina muito intuitiva ou naturalista, mas que tinha alguns efeitos), mas sim no campo das previsões de acontecimentos e de futuro…mas previsões que eram um bocadinho ao nível do “Borda de água” porque ele fazia almanaques para os agricultores a dizer se chovia ou se não chovia e viveu algum tempo disso…e ele entrou nesse campo através da astrologia e a astrologia é uma ciência, mas também é uma interpretação subjectiva…as pessoas divertem-se com isso e com horóscopos, mas qual é a ciência ou a certeza disso? Isso não é cientifico…quando ele prevê acontecimentos futuros…como sabem ele previu a morte dele e bateu certo, ele fazia previsões com cuidado, com habilidade e inteligência e até há os princípios que ele seguia nas suas previsões de futuro…são como as ciganas a ler sina.

Ao falar do Futuro há coisas que parecem que são assim mesmo, mas não passam do parecer…e isto não causa nenhuma dificuldade à Igreja, simplesmente este é uma realidade que existe e que tem muitos seguidores. E sobretudo quando há crises na história ou quando se dão datas históricas (como o ano 2000 por exemplo) surgem sempre estes profetas e estas previsões de futuro porque há sempre uma pretensão de ver que há ali um traço sobrenatural que vai resolver a situação…e tudo porque? Porque as pessoas não têm a fé do apocalipse, porque se as pessoas tivessem fé no apocalipse verdadeiramente teriam fé em Deus e saberiam que o fim virá, mas não se sabe quando…ninguém pode prever isso! Agora que há profecias há, depende é de onde vem…se vêm de Deus, essas profecias são aceitáveis, mas há muitas profecias que vêm puramente da fantasia ou de uma arte ou habilidade...mas não somos obrigados a acreditar nisso, nós só acreditamos no que está nas sagradas escrituras…tudo o resto não somos a obrigados a acreditar nisso, devemos apenas respeitar.

 

 

2-Existe algum tipo de relação entre a teoria do Apocalipse e a de Nostradamus?

Sim, aparece do apocalipse e aparece dos profetas porque ele era cristão e era descendente de judeus convertidos. Nasceu em princípios do século XVI e vivia em França e neste período haviam problemas graves na Europa e em particular a invasão do oriente (que fez com que os Otomanos chegassem a Viena) e portanto eram tempos de crise na Europa…Neste contexto surgem as previsões de Nostardamus, que fala e escreve, precisamente imbuído a sua cultura judaica, portanto ele conhece perfeitamente o antigo testamento, conhece Ezequiel, Daniel e Zacarias e portanto usa aquela linguagem, aquelas visões e aqueles símbolos…e é cristão e por isso com certeza conhece o “Novo Testamento” e o “Apocalipse”. Portanto ele, com a sua personalidade um pouco especial e psiquicamente perturbado, fez as suas visões: umas para ganhar dinheiro (porque era a sua profissão) e outras porque estaria imbuído do espírito profético e apocalíptico…Mas o que escreve é de tal maneira aberto que não podemos nem interpretar, nem localizar os acontecimentos das profecias de Nostardamus.

 

 

3-Especifique-nos as previsões de Malaquias?

As previsões são mais antigas que as de Nostardamus, são do século XII e estão relacionadas com os papas. São previsões de 1147 e ele estabelece o elenco de 112 papas a que dá um titulo em latim e que vai evoluindo, sendo que cada papa que é nomeado, vai ver-se se as suas características correspondem as que Malaquiasque era um bispo irlandês) definiu. Mas, o mais curioso é que segundo as profecias de Malaquias Bento XVI é o penúltimo papa, a seguir a ele virá “Pedro Romano” e acaba o mundo…cá está de novo a questão do fim do mundo, pois segundo Malaquias temos mais um papa e o mundo acaba!


 

publicado por mitouverdade às 20:05

Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21

23
24
25
26
28
29

30
31


arquivos
Visitas
contador de visitas
sayaç
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
blogs SAPO